É verdade que ficar perto de fumante é pior do que fumar?


Minha avó diz que ficar perto de fumante é pior do que fumar. É sério isso?

Cof, cof. Com todo respeito a sua avó Maria Auxiliadora, não é verdade. Mas é nocivo, sim.

O risco de um fumante passivo contrair câncer de pulmão ou de sofrer um infarto é 30% e 24% maior, comparado ao de não fumantes.

Por sua vez, a chance de um fumante ter câncer de pulmão é 1.900% (20 vezes) maior que a de um não fumante – o risco de infarto é de cinco a oito vezes maior (400% a 700%).

Fumantes passivos também estão mais sujeitos a ter bronquite crônica, enfisema e outras doenças.

+

Número incrível
55

é a quantidade de substâncias cancerosas em cigarros.

+

Outro dado relevante com alguma ligação
55

é um dos DDD do Rio Grande do Sul, Estado com sete entre os dez municípios que mais produzem tabaco no Brasil.

+

Fontes: Jose Miguel Chatkin, coordenador do programa antitabagismo da PUCRS, European Lung Foundation e Ministério da Saúde, Journal of the National Cancer Institute e Sinditabaco.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF