Alimentos que matam a fome sem engordar


No frio, a vontade de comer alimentos calóricos é maior. Isso ocorre devido a alterações no humor típicas da estação, chamadas de distúrbio afetivo sazonal, que estimulam o mecanismo de recompensa no cérebro, aumentando a vontade de ingerir este tipo de comida. Além disso, a baixa temperatura nos obriga a buscar alimentos mais quentes, que costumam ser mais “engordativos”. Por conta disso, é comum ganhar cerca de 1 kg no inverno. Segundo a endocrinologista Andressa Heimbecher, nesta época do ano, a tendência é buscar comidas com alto teor de carboidratos. Porém, apesar de parecer reconfortante, a medida deve ser evitada. “Carboidratos simples, como o açúcar e a farinha branca presente em pães e bolachas, são contraindicados, pois contêm muitas calorias e saciam muito pouco. Assim como acontece com os doces, pouco tempo depois de serem consumidos, eles estimulam a ingestão de mais alimentos”, explica a especialista. Como sentir menos fome no inverno Dra. Andressa afirma que tomar sol é uma das atitudes que ajudam a diminuir os efeitos do distúrbio afetivo sazonal, porém não acabar com eles. O ideal é apostar em alimentos que promovem a saciedade sem adicionar calorias em excesso. Fibras “O melhor é investir em uma alimentação saudável e com fibras, que aumentam a sensação de saciedade”, diz. Aposte em grãos, frutas com casca, legumes e folhas Legumes cozidos em pedaços Ao invés de consumi-los em sopas, caldos ou cremes, aposte nos legumes inteiros, que precisam ser mastigados. “O processo oferece ao cérebro a sensação de estar se alimentando, o que ajuda a saciar a fome”, diz a endocrinologista Carne de peru e abóbora “São opções poucos calóricas que apresentam um alto teor de fibras, vitaminas B1 e C e magnésio”, afirma. Barrinhas de cereal Aposte nesta alternativa saudável e prática para os lanches intermediários. “O ideal é escolher uma barra com 100 a 120 kcal por porção e que tenha em torno de 2,5 a 3 g de fibras. Além disso, ela deve conter menos do que 1,5 g de gordura saturada para ser saudável”, indica Dra. Andressa. Chocolate meio amargo Este item merece atenção, já que, se ingerido em grande quantidade, pode ativar o mecanismo de recompensa, estimulando o consumo de mais doces na sequência. “O ideal é ingerir chocolate meio amargo e em pequenas porções”, recomenda a especialista.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF