A maneira mais saudável de consumir o ovo


Vilão ou mocinho? Já vimos este filme, mas muita gente perdeu o final. A polêmica durou décadas. Por muito tempo, médicos e nutricionistas não chegaram a um consenso sobre seu papel na alimentação. O que veio, enfim, foi o bom senso. Ele é uma importante fonte de proteínas, contém vitaminas A, D, E, K e complexo B, minerais, fósforo, potássio, sódio e manganês. Além de bom e barato, o ovo é considerado um alimento nutricionalmente completo. Realmente, o ovo é rico em colesterol, e seu consumo aumenta o nosso colesterol ruim, o LDL. Só que também aumenta o colesterol bom. Alguns estudos mostraram inclusive que o ovo possui algumas substâncias que dificulta a absorção do colesterol de outras fontes. O problema, claro, está no excesso. Afinal, já o consumimos de forma indireta, através de alimentos como panquecas e bolos. E também na forma como o consumimos, já que os métodos de cozinhar “engordam” o alimento. Cozido, tem 71 calorias. Frito, sobe para 105Kcal. Pois eu tenho uma receita que vai fazer você esquecer aquele jeito hipercalórico de prepará-lo. Ovo-surpresa:

  • Quebre o ovo num refratário e perfure a gema várias vezes com um garfo;
  • Distribua sobre ela uma colher de sopa de queijo cottage e leve ao micro-ondas por 1 minuto;
  • Por fim, cubra com um pouco de molho de tomate fresco e sirva;
  • São só 96 calorias de sabor e saciedade!
  • Pronto: desta forma, você pode contar com ele no cardápio, aproveitando todos os seus benefícios protéicos.
Aproveite para conhecer também outras dicas que podem te ajudar a perder peso, como a melhor forma de cozinhar o macarrão, os benefícios do suco de melancia e as especiarias antidor.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF