A dieta do mediterrâneo prolonga a vida


Saboroso e variado, o cardápio adotado por quem vive na região do mar Mediterrâneo traz elegância e saúde.Um belo dia, cientistas perceberam algo muito curioso: os europeus que vivem na região do Mar Mediterrâneo têm menos câncer e doenças do coração. Além disso, eles estão entre os povos mais magros do planeta. Por isso, há cerca de 50 anos a dieta mediterrânea vem sendo estudada. A cada nova pesquisa, mais aspectos positivos são descobertos. Muitas pessoas resolveram modificar os hábitos alimentares e aderir a este poderoso jeito de se nutrir. Descubra os milagres que essa deliciosa cultura gastronômica pode fazer pelo seu corpinho. Óleo faz bem à cintura: O azeite extravirgem é uma das bases da dieta mediterrânea: ele acompanha quase tudo que se come por lá. Ele possui gorduras que combatem o mau colesterol. Contém também substâncias anti-inflamatórias que fortalecem o organismo contra doenças e funcionam bem na prevenção do câncer. Mas o melhor é que ele diminui a gordura abdominal! Bastam 2 cols.

(sopa) por dia para que esse óleo ajude a eliminar o acúmulo dos pneuzinhos, que aumentam o risco de diabetes. Que tal incorporá-lo às suas refeições? Como funciona o regime: O cardápio mediterrâneo evita carnes vermelhas, leite e doces. No lugar, favorece o consumo de peixe, que é mais magro e barato do que o porco e o boi. Sobremesas? Só uma ou duas vezes por semana. Outro segredo de magreza dos povos dessa região é usar e abusar de azeite de oliva extravirgem, grãos integrais, cebola, alho, vegetais frescos, castanhas, frutas secas, queijos magros e (sim!) vinho tinto. Esses itens são ricos em substâncias benéficas ao ser humano. Para se ter uma ideia, a substância resveratrol, presente no vinho tinto, evita o entupimento das artérias e previne contra o envelhecimento precoce. Pesquisas recentes mostram: o resveratrol ainda reduz as taxas de açúcar no sangue. Mas o consumo de vinho deve ser moderado. Você não toma álcool? Tudo bem. O suco de uva integral tem o mesmo efeito que o vinho.
A nutricionista Fernanda Machado, do Rio de Janeiro, elaborou um cardápio de baixas calorias com alimentos mediterrâneos. São cinco dias de dieta seguidos (que podem ser repetidos por até três semanas). Consulte seu médico antes para saber se não há impedimentos de saúde. "Em uma pessoa saudável, esta dieta e 30 minutos de caminhada diária fazem perder até 3 quilos em 10 a 15 dias", ela diz.

Primeiro dia:

Café da manhã:
  • 1 copo de água (jejum);
  • 1 xíc. de chá de casca de abacaxi;
  • ½ mamão papaia;
  • 1 col. (chá) de aveia;
  • 2 castanhas-do-pará.
Lanche:
  • 4 rodelas de abacaxi.
Almoço:
  • Salada verde com manga;
  • 2 cols. (sopa) de cenoura crua ralada;
  • 1 col. (chá) de azeite;
  • 2 cols. (sopa) de creme de espinafre;
  • 1 filé de cação;
  • Suco de uva integral;
  • 1 gelatina diet.
Lanche:
  • 1 fatia de melancia;
  • 2 fatias de queijo branco;
  • Limonada com adoçante.
Jantar:
  • 1 iogurte light;
  • 1 ameixa;
  • 5 damascos secos;
  • Suco de uva integral.
Ceia:
  • Chá de erva-doce;
  • 1 maçã.

Segundo dia:

Café da manhã:
  • 1 copo de água (jejum);
  • 1 fatia de pão de fôrma light integral com 1 col. (chá) de ricota;
  • 1 xíc. de chá verde com adoçante.
Lanche:
  • 1 damasco;
  • 2 amêndoas;
  • 3 uvas-passas.
Almoço - 1 prato de folhas escuras com manga / 1 col. (chá) de azeite extravirgem / 2 cols.
(sopa) de arroz integral / 2 cols. (sopa) de soja cozida / 1 filé de sardinha* / Suco de uva integral Lanche:
  • Suco de laranja;
  • 5 ameixas secas.
Jantar:
  • 1 concha de sopa de alho-poró com brócolis;
  • Suco de uva integral.
Ceia:
  • Chá de camomila;
  • 2 nozes.

Terceiro dia:

Café da manhã:
  • 1 copo de água (jejum);
  • Suco de soja de maçã;
  • 1 torrada integral;
  • 1 col. (chá) de geleia light;
  • 1 pêssego.
Lanche:
  • 1 copo de gelatina diet.
Almoço:
  • 1 prato raso de couve crua;
  • 1 col.
    (chá) de azeite extravirgem;
  • 3 cols. (sopa) de arroz integral;
  • 1 prato de legumes cozidos (menos batata, mandioca e inhame);
  • 1 filé de frango;
  • Suco de uva integral.
Lanche:
  • 1 copo de iogurte com lactobacilos.
Jantar:
  • 2 filés de sardinha;
  • 1 prato (sobremesa) de legumes grelhados;
  • Suco de uva integral.
Ceia:
  • Suco de maracujá;
  • 2 ameixas secas.

Quarto dia:

Café da manhã:
  • 1 copo de água (jejum);
  • 1 xíc. de chá branco;
  • 1 laranja;
  • 3 bolachas água e sal.
Lanche:
  • 1 Danoninho light.
Almoço:
  • 1 prato de folhas cruas e legumes cozidos;
  • 1 col. (chá) de azeite extravirgem;
  • 3 cols. (sopa) de arroz integral;
  • 1 filé de atum;
  • Suco de uva integral.
Lanche:
  • 1 copo de água de coco.
Jantar:
  • 1 prato de salada verde;
  • 1 col. (chá) de azeite extravirgem;
  • 1 prato de legumes cozidos (exceto batata, mandioca e inhame);
  • 2 cols. (sopa) de purê de cenoura;
  • 1 filé de frango;
  • Suco de uva integral.
Ceia:
  • Chá de jasmim;
  • 2 castanhas-do-pará.

Quinto dia:

Café da manhã:
  • 1 copo de água (jejum);
  • 1 xíc.
    de café preto;
  • 1 banana com granola;
  • 1 maçã.
Lanche:
  • Suco de abacaxi.
Almoço:
  • Folhas e legumes crus;
  • 1 col. (chá) de azeite extravirgem;
  • 3 cols. (sopa) de arroz integral;
  • 1 filé de sardinha;
  • 2 cols. (sopa) de purê de abóbora;
  • Suco de uva integral.
Lanche:
  • Iogurte com lactobacilos.
Jantar:
  • 1 prato de salada verde;
  • 1 col. (chá) de azeite extravirgem;
  • 2 bolinhas de mussarela de búfala;
  • 1 col. (sobremesa) de nozes picadas;
  • Suco de uva integral.
Ceia:
  • 1 xíc. (chá) de leite desnatado morno;
  • 2 damascos.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF